Canil: 10 dicas que deverá seguir antes da estadia do seu cão

Conheça as dicas que para selecionar o melhor canil para o seu cão.

 

Canil, hotel para cães

 

Quando se opta por deixar um animal num canil, é normal que surjam várias inseguranças e receios de que algo possa correr mal.

Caso procure outras soluções para que o seu amigo não fique em canil, como pet sitting ou estadia familiar, poderá rapidamente encontrar uma solução através da Zoowish, onde será mais fácil ter acesso aos comentários e opiniões de outros utilizadores do serviço.

Se optar por um canil deverá ter em conta vários aspetos para garantir que irá correr tudo pelo melhor.

Apresentamos a check list de 10 etapas importantes a serem seguidas, antes de deixar o seu cão num canil. Confirme estes pontos antes da estadia e garanta uma boa experiência.

 

1. ENTREVISTA


canil, hotel para cães

 

Contacte o canil por telefone. Saiba há quanto tempo existe o negócio e peça referências. Use essas referências. Faça uma visita surpresa e conheça a instalação antes de agendar o alojamento. Observe se o lugar está limpo e se tem maus odores; confira o local em que os cães estão alojados; os locais onde são passeados e se eles parecem felizes.

 

2. PROCURE RECOMENDAÇÕES


Fale com alguns canis antes de decidir onde deixar o seu animal de estimação. Pergunte também aos seus amigos ou vizinhos onde alojam os seus animais de estimação e quais as suas experiências. Recolha recomendações. Não decida pelo canil mais barato, opte pelo melhor lugar.

 

3. ANALISE OS REQUISITOS DO CANIL


O seu animal de estimação precisa de vacinas especiais para este canil? Em caso afirmativo, quais e quando? Solicitam cópia do boletim de vacinas? Pode fornecer a alimentação e guloseimas? Pode deixar algum brinquedo ou o seu cobertor favorito? Pode deixar a trela, coleira ou o arnês?

 

4. AVERIGUE A QUALIDADE DO PESSOAL


canil, hotel para cães

 

Procure conhecer a equipa – é a mesma pessoa que vê o seu cão todos os dias ou varia? Parece-lhe que a equipa do canil é competente e que os profissionais gostam de trabalhar com os cães?

 

5. QUAL É A ROTINA DO CÃO?


Com que frequência saem? Por onde passeiam? Por quanto tempo? É suficiente para que o seu animal de estimação esteja feliz? O seu cão relaciona-se com outros cães? É isso precisamente o que você pretende?

 

6. INSTRUÇÕES DE ALIMENTAÇÃO


canil, hotel para cães

 

Considere fornecer a comida de seus próprios cães e solicite que apenas os alimentem com essa comida. Muitos animais são alimentados com outros alimentos e guloseimas e podem desenvolver distúrbios gastrointestinais, tais como vómitos e/ou diarreia. O seu patudo já está num ambiente diferente, enquanto está no canil, o que lhe pode provocar algum stress, pelo que deverá alterar o menos possível.

 

7. INFORMAÇÃO DE CONTACTO


Certifique-se de que o canil tem vários elementos de informação para que possa ser facilmente contactado em caso de emergência. Inclua o número do seu telemóvel e qualquer outro contato de emergência. Esteja preparado para o inesperado.

 

8. INSTRUÇÕES DE EMERGÊNCIA


Deixe instruções para procedimento em caso de emergência. Durante o tempo da emergência, o canil pode aceder a um determinado veterinário ou hospital. Após a emergência, e caso deixe instruções, o seu animal de estimação poderá ser acompanhado pelo seu próprio veterinário, pelo que deverá deixar o seu contacto. Deixe instruções sobre o que normalmente faz ou evita, informando sobre o número de contato e número de cartão de crédito, para atendimento médico de emergência. Se não estiver disponível por telefone, verifique se o serviço tem a autorização para fazer cobranças se for necessário. Não quer que o seu animal de estimação “aguarde” cuidados médicos por falta de autorização do cartão de crédito.

 

9. HISTORIAL MÉDICO


canil, hotel para cães

 

Solicite ao seu veterinário uma cópia do registo médico pertinente de seu animal de estimação e faculte-a ao canil. Idealmente, esse registo deve incluir medicamentos já utilizados, condições e problemas diagnosticados. Deve incluir ainda quaisquer peculiaridades comportamentais, p.ex. agressivo para outros cães ou se ódio a gatos. Deixe informações sobre o seu registo e número de microchip.

 

10. DEIXE INSTRUÇÕES ESPECIAIS


Certifique-se de que indicou claramente as instruções especiais. Por exemplo, se precisar de medicamentos, assegure o seu nome, a dose (tanto em mg como em número de comprimidos, bem como a frequência exata da toma). Informe ainda sobre uso de alimentos especiais ou restrições dietéticas. As instruções deverão ser claras e simples, fornecendo um número de contato esclarecimentos de dúvidas.

Lembre-se sempre desta checklist, poderá fazer a diferença entre uma estadia de qualidade e em segurança ou uma estadia com surpresas desagradáveis.

 

Adaptado de: coralvetclinic.com

 

Deixe uma resposta