Artrose Canina: O que é?

A artrose canina é uma doença cada vez mais conhecida que afeta muitos cães. Será que conhece a melhor forma de a identificar? Descubra aqui!

artrose canina em cão preto

Também conhecida como artrose, osteoartrose, osteoartrite, a artrose canina é uma doença crónica degenerativa, e é mais comum em cães idosos, normalmente entre os 8 e os 13 anos.

Motiva-se pelo desgaste interior das articulações e das cartilagens, que origina a perda de elasticidade e, por sua vez, dor, que impede a mobilidade normal do pet.

Causas


Apesar de ser considerada uma doença comum nos cães, existem alguns fatores propícios ao aparecimento desta doença. Estes são:

1 – Genética;

2 – Idade;

3 – Sobrepeso;

4 – Cirurgias na articulações;

5 – Tamanho;

6 – Ruptura de tendões e ligamento cranial;

7 – Convívio com piso escorregadio;

8 – Luxações patelares;

9 – Displasias de cotovelo;

Sintomas


artrose canina veterinário

Existem muitos sintomas possíveis de identificar no dia-a-dia de um canino que podem assinalar a presença de artrose:

1 – Realizar movimentos incomuns;

2 – Dificuldade para levantar;

3 – Coxear;

4 – Inchaço nas articulações;

5 – Dificuldade em alongar;

6 – Reação de dor ao toque;

7 – Resistência para realizar atividades simples, como (caminhar, pular ou subir escadas),

8 – Dor crônica;

9 – Perda de apetite;

10 – Dificuldade ao se coçar ou lamber

A demora no diagnóstico pode desencadear atrofia muscular relacionada ao local afetado, ou até mesmo, a deformidade e perda progressiva do movimento na área.

Tratamento


cão idoso e artrose canina

O diagnóstico para artrite canina é feito por um médico veterinário ortopedista através de um exame clínico completo e, se necessário, o uso de raio-x.

Pois, infelizmente, a doença não tem cura e o tratamento consiste em tentar controlar a dor, reduzir o avanço da degeneração da cartilagem, melhorar a mobilidade, e aumentar a qualidade de vida do animal.

Contudo, depois do diagnostico, o controle do peso do cão é importante, pois é a medida preventiva mais eficaz para o tratamento. Portanto, apesar desta doença ser irreversível, algumas atitudes podem reduzir o sofrimento do patudo e retardar a evolução desta inflamação.

Técnicas utilizadas para o tratamento


artrose canina medicação na veia

Intervenção cirúrgica, tem como intuito elimina os osteófitos (proliferação óssea anormal) que obstruem as articulações ou até mesmo a artrose, que retiram a mobilidade da articulação. Sendo até necessário o uso de implantes metálicos;

Tratamento analgésicos e suplementos, que servem para reduzir efeitos degenerativos a longo prazo e antiatróficos;

Fisioterapia e Eletroterapia, que desempenha a função de aliviar os sintomas e tratar a causa, agindo na dor articular o que possibilita alongamentos e exercícios posteriores;

Ultrassom, pode ajudar a ganhar amplitude da região afetada, onde é usado na forma de calor profundo, antes da mobilização, ou em sua forma pulsada, para atuar como um potente anti-inflamatório e ativador da microcirculação.

Deixe uma resposta