Socialização de gatos muito tímidos ou medrosos – Lição nº 8

No artigo anterior descrevemos a lição nº 7 para abordar gatos muito tímidos ou medrosos, que consistia em tirar o gato da box e mantê-lo no colo. Aprenda a lição nº 8.

 

Socialização de gatos tímidos ou medrosos lição nº 8

 

Na lição nº 8 irá tentar passar algum tempo a brincar com o gato fora da box.

Não se esqueça de seguir por ordem as lições.

Lições:

  1. Motivar o gato com comida
  2. Dar festinhas usando uma varinha (algo comprido)
  3. Dar festinhas usando uma varinha com escova
  4. Dar festinhas usando a varinha e com uma luva ou mão
  5. Dar festinhas com a luva ou com a mão
  6. Pegar no gato dentro da box
  7. Tirar o gato da box para o seu colo
  8. Passar algum tempo numa área de brincadeiras
  9. Passar algum tempo numa sala da vida real

 

 

LIÇÃO Nº 8 DE SOCIALIZAÇÃO: PASSAR ALGUM TEMPO NUMA ÁREA DE BRINCADEIRAS


Socialização de gatos tímidos ou medrosos lição nº 8

bestfriends.com

 

Assim que o gato goste de ser agarrado e de passar algum tempo no seu colo, é altura de brincar.

O objetivo da sala de brincadeiras é perceber como o gato se irá comportar numa área aberta.

Espera-se que confie o suficiente e não corra e se esconda das pessoas.

Na sala de brincadeira, o gato irá interagir com várias pessoas diferentes. Também irá habituar-se a estar com outros gatos e aprender a brincar.

 

Passos lição nº 8

  • Prepare uma sala com poucos sítios onde o gato se possa esconder. Os móveis devem estar ao nível dos seus olhos, e os espaços que podem servir como esconderijo devem ser preenchidos com toalhas.
  • Disponibilize camas, brinquedos e locais onde as pessoas se possam sentar e acariciar os gatos.
  • À medida que for ficando mais relaxado na sala, devem ir surgindo outras pessoas para interagir com o gato, ajudando-o a ficar mais à vontade com outros humanos além do seu tratador.
  • Para apresentar-lhe outros gatinhos, deve juntar um ou mais gatos amigáveis na sala. Estes gatos irão atuar como modelos para o seu aprendiz. O aprendiz irá observar as suas interações com os outros gatos (brincar, acariciar e pegar ao colo) esperando-se que ele aprenda que essas interações não são assustadoras.
  • A primeira vez que o levar para a sala, ele pode fugir de si. Dê-lhe cerca de uma hora para que ele se possa acalmar e explorar.

 

Socialização de gatos tímidos ou medrosos lição nº 8

bestfriends.com

 

E se o gato continuar muito assustado?

  • Caso passado uma hora, o gato ainda não encontrou uma cama confortável e foge cada vez que se aproxima, tente distraí-lo com brinquedos, comida ou outro gato.
  • Se ele não conseguir ser distraído, dê-lhe colo na sala e depois volte a colocá-lo na box.
  • No próximo passo, fique com o gato no seu colo na sala de brincadeira, e depois coloque-o numa cama perto de si, e continue a dar-lhe festas.
  • Volte a coloca-lo na box no final da sessão.
  • Repita estas sessões até o gato já não fugir de si. O objetivo é dar-lhe a oportunidade de decidir não fugir.
  • O gato pode ficar na sala de brincadeiras por um período de tempo que varia entre 10 minutos a todo o dia, dependendo do nível de capacidades.

 

Dica lição nº 8

O percurso desde a box até à sala de brincadeira pode ser assustador para o gato, podendo tentar saltar do seu colo. Certifique-se que o está a agarrar bem.

 

Lembre-se que estas lições devem ser executadas por pessoas com formação ou muita experiência em lidar com animais de rua ou com alterações de comportamento.

Caso não seja capaz de lidar com estes animais, contacte um profissional para o auxiliar.

 

Leia a 9ª lição.

 

Fonte: bestfriends.org

Deixe uma resposta